O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares

"Não há nada peculiar em mim. Sou a pessoa mais comum que você vai conhecer"

  Pelo menos era o que Jacob pensava antes de seu mundo virar de cabeça para baixo. A história de Ramsom Riggs nos leva a um mundo onde crianças tem dons especiais e precisam viver escondidas, sob a proteção de uma Ymbryne (Uma mulher, que tem o dom de se transformar em um pássaro e controlar o tempo). 
  Jake teve uma infância recheada de sonhos e histórias fantásticas graças a seu avô Abe. Ele lhe mostrava fotos de seus "amigos de infância", alegando que seus pais o mandaram para um orfanato onde ele poderia viver a infância sem correr o perigo da guerra. No caso, o cenário seria a segunda guerra mundial, e todos os seus familiares acreditavam que tais histórias seriam para mascarar todo o sofrimento que ele passara na época. 
  Após a morte do avô, Jacob e seu pai vão a ilha para visitar o que seria o orfanato, já que o mesmo havia suplicado para que o neto o fizesse antes de morrer. Depois de semanas de terapia, os pais concordaram que seria melhor para que ele esquecesse de vez as histórias, mas não contavam com a possibilidade de ser tudo verdade. A primeira vista, a casa teria sido bombardeada no auge da guerra, portanto só sobravam os destroços para apaziguar a curiosidade do rapaz. 

"Era como se a própria natureza tivesse declarado guerra contra o lugar"

  Porém, como era de se esperar, ele consegue finalmente encontrar com os amigos peculiares de seu avô. Ao entrar em uma fenda do tempo, ele descobre um lugar ensolarado, onde ninguém fica doente ou se machuca. Há comida para todos, as crianças nunca crescem e estão sempre protegidas pela Sra. Peregrine. É como se fosse uma verdadeira Terra do Nunca, que eu fiquei morrendo de vontade de visitar! Como nem tudo são flores, logo surgem dúvidas. Afinal, Abe tinha poderes? Quais seriam? E se o próprio Jacob fosse peculiar? 

"Se eu estava sonhando, não queria mais acordar"

  Com uma escrita extremamente detalhista que nos faz entrar em seu mundo imediatamente, e personagens tão cativantes que dá vontade de adotar todos (Não sei falar de qual eu gostei mais!), eu super recomendo essa trilogia!
  O livro é recheado de fotografias das crianças, de Abe, e até mesmo das cartas manuscritas. É uma edição belíssima, rica em detalhes! 

 Agora, e o filme?
  Bom, como sempre acontece, tivemos algumas diferenças entre o filme e o livro. Vou enumerar algumas pra vocês, para já ficarem cientes antes de assistir o longa dirigido por ninguém menos que Tim Burton!
  
  1. Emma x Olive
Acho que uma das diferenças que mais me incomodou, foi que Emma e Olive foram trocadas! Isso mesmo! No livro, a personagem principal com quem Jacob tem um romance é a Emma, que controla o fogo, e Olive é uma garotinha que consegue flutuar. Porém, no filme, Olive é quem tem o poder de fogo, e Emma flutua, além de trocarem os nomes das personagens, trocaram também toda a história por trás. Pra quê, né?

Resultado de imagem para mrs. peregrine angry gif

  2. Aparência e Personalidade
  Sei que quase nunca acertam as personalidades e aparência dos personagens como gostaríamos, mas eles mudaram bastante coisa nesse quesito! Bronwyn do livro é uma garota tronculenta, enquanto a do filme é uma menininha fofinha. Fiona é uma garota que tem a aparência selvagem no livro por conta de seu dom ser focado na natureza, e no filme é uma linda garotinha que usa duas tranças perfeitas. Acho que foi meio padrão, todas as crianças parecerem anjinhos no longa, enquanto no livro elas são retratadas de acordo com seus dons.
  Imagem relacionada

3. O Final!!
  Gente, o final é totalmente diferente! Socorro! Claro que não vou contar aqui o final de nenhuma das obras, tanto filme quanto livro, mas saibam que um final é colorido e basicamente feliz, enquanto outro é um pouco mais sombrio e dá um tiquinho de aflição! 

E é isso, gente! Espero que tenham gostado da resenha, vou correr para o segundo volume dessa série o quanto antes!

Resultado de imagem para miss peregrine's gif

27 comentários:

  1. Que peeeeeena! Como assim mudaram TANTOS ELEMENTOS entre filme e livro? Eu não li o livro ainda, mas pretendo. Só achei uma pena que personalidade, desfecho e personagens tenham sido alterados. Puxa, realmente: para quê?
    Gostei da sua resenha, achei uma das melhores que li a respeito da obra. Vou lê-la um dia, com certeza.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que linda você ♥
      Obrigada!! Eu fiquei realmente surpresa pelo fato de terem "trocado" Emma e Olive, achei a Emma tão perfeita, e tiraram todinho o foco dela </3
      Já comecei o Cidade dos Etéreos, em breve trago a resenha dele pra cá também!

      Excluir
  2. Oi, Jéssica!
    Li o livro e assisti ao filme. Para mim, tem muitas coisas diferentes. Gostei dos dois, mas confesso que e gostaria que o filme tivesse seguido mais o enrendo do livro. :/ O final foi o mais diferente e quero saber como vai ficar o segundo filme, isso se eles fizerem.
    Beijão!
    http://www.lagarota.com.br/
    http://www.asmeninasqueleemlivros.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, do jeito que fizeram, até faz sentido parar no primeiro filme, pelo final "bonitinho" que ficou, rs.

      Excluir
  3. Olá!!! Estou louca por esse filme. O filme nunca sai fiel ao livro, né mesmo? Mas, mesmo assim ficamos sempre empolgados. haha Amei suas comparações... #Amorzinho

    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!! A gente assiste mesmo sabendo que terá algumas diferenças, rs. Mas olha, a Eva Green foi uma escolha PERFEITA para Sra. Peregrine, já amo a atriz, agora então... ♥

      Excluir
  4. Oie tudo bem?
    Ainda não li nem assisti, mas estou louca para fazer as duas coisas aushashu Estou tentando fugir de resenhas etc sobre, para poder tirar minhas próprias conclusões, espero gostar da leitura e do filme como você!
    Bjss

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho a trilogia mais o livros dos contos e ainda não li,então posso dizer que não estou nem um pouco afim de ver o filme,ainda mais com tantas mudanças.

    ResponderExcluir
  6. Eu li/assisti os dois, mas realmente, a troca das personagens me incomodou bastante, principalmente pelo seguinte motivo: NÃO TINHA NECESSIDADE!!!! O livro funcionou perfeitamente de uma forma, não tinha nada que ter mudado logo ISSO!
    Mas apesar das outras mudanças, até que foi um filme legal, mas prefiro o livro e seu post me lembrou que preciso ler a continuação urgentemente!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é! Quando vi a Emma flutuando fiquei tipo ???????, a Olive era tão pequenininha no livro, e é uma adolescente agora. Muito confuso. Hahaha

      Excluir
  7. Olá, eu ainda não li os livros, mas gostei de você trazer uma comparação entre o livro e adaptação par ao cinema, que já tinha ouvido falar que foi muito diferente, só não imaginava que seria tanta. Obrigado por fazer esse post, assim despertou ainda minha vontade de ler a trilogia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagina, eu que agradeço por comentar :3
      Como foram muitas diferenças, eu espero que deixem apenas um filme. Pois não faria sentido continuar da onde o primeiro parou, pelo final ter sido tão diferente ^^

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Gisele!
    Lendo sua resenha me deu tanta saudade desse livro!!
    É uma história que parece simples, mas é bem incomum, o que a torna encantadora! E as fotos ajudam muito a dar um clima, tanto para a trama, quanto para o designer em si!
    Quanto ao filme, eu assisti apenas o trailer e fiquei me perguntando "O que aconteceu aqui?!", porque não entendia como que a Emma tinha o poder de Oliver. E eu também achei os etéreos tão graficamente ridículos (risos). Mas, o que me motiva a assistir, é a participação da Eva Green <3
    Parabéns pela resenha, direta, explicativa, mas sem dar spoilers!
    (Ah, e quanto ao final do livro, eu achei mais do que um pouquinho agoniante! Não conseguia parar de ler pra saber o que acontecia.)
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Meu nome é Jéssica! :D
      Mas tenho uma amiga chamada Gisele, hahahaha
      Sim, o livro é lindoo demais! Fiquei encantadíssima com ele! Pois é, os Etéreos ficaram parecendo aquele vilão do Spider Man, se não me engano. Muito estranhos mesmo, rs. Mas a Eva já era minha Peregrine antes do filme. Papel perfeito pra ela <3

      No começo eu fazia com spoilers, mas agora achei um jeito de controlar! Hahahaha

      Pois é! O final do primeiro livro custou todas as minhas unhas, rs. O segundo é pior ainda, acredite em mim! Logo logo resenho ele aqui também :D

      Excluir
  10. Oieee...
    Eu definitivamente ameeei esse livro. Sem dúvidas foi o melhor livro que li em 2016.
    A história e a edição são maravilhosas!
    Assim como você, também me incomodaram essas diferenças no filme, principalmente o final...
    Acho que o Tim Burton deu uma viajada muitooo tensa no fim do filme :(
    Apesar de não ter prejudicado minha diversão, espero que as próximas adaptações sejam melhores.
    Um beijo!!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é!
      Fiquei tão animada por ser o Tim Burton, e quando vi o final, fiquei tipo ??? hahaha

      Excluir
  11. Oi, Jéssica!
    Esse livro foi muito comentado e elogiado, mas nunca chamou minha atenção, não é muito o meu estilo preferido de leitura. Ainda não vi o filme então talvez veja primeiro e que sabe fique curiosa para ler o livro.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  12. Oiee, confesso que quando vi este livro eu tive medo de ler pois pensei que seria assustador, mas vi que não é bem assim, apesar que ainda não li e não pretendo ler no momento, mas quero ler em um futuro proximo.

    Bjs Jany

    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi. Li esse livro ano passado e amei. Gostei muito da história e dos personagens. Li mês passado Cidade dos Etéreos e estou me programando para ler Biblioteca das Almas. Assisti o filme, mas odiei. Mudaram muitas coisas que não gostei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Pois é, eu amei a Eva Green no filme, foi o que salvou <3
      Vou ler Biblioteca de Almas assim que terminar o que estou lendo no momento, e em breve trago a resenha dele pra vocês :D

      Excluir
  14. Oi.
    Deu para ter uma noção geral do que se trata o livro.
    Pelo visto, o filme, em boa parte, é diferente do livro. Muitas vezes não dá para entender as mudanças que fazem.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li esse livro, mas morro de vontade, porque acho a premissa super bacana e pelas resenhas que tenho lido é uma história muito bem construída, além disso sou apaixonada nas fotografias que o livro tem. Achei bem interessante você citar os pontos diferentes do filme, não entendi o motivo de terem trocado as personagens também.

    beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Ainda não li nenhum dos volumes da série e muito menos assisti ao filme.
    A premissa do livro é bem interessante e estou curiosa para conhecer mais cada uma das peculiaridades dos personagens.
    Vi muita gente falando mal da adaptação e isso me decepcionou bastante. Claro que haverão diferenças, mas precisam ser tão gritantes?!

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir

© Viver em dois mundos - 2016 | Todos os direitos reservados| Tecnologia do Blogger.