Cartas de amor aos mortos

Resultado de imagem para carta de amor aos mortos  Sabe aquele livro que você pensa que vai ser apenas mais uma história sobre uma garota adolescente, com amores de escola, bem inocente e leve? Eu achei que era disso que se tratava Carta de amor aos mortos, e não poderia estar mais enganada! 
  Laurel é uma garota doce e com um belo senso de humor, que recebe de sua professora de inglês a missão de escrever uma carta para alguém que já morreu. Suas escolhas são um verdadeiro presente para os leitores, pois os "destinatários" são celebridades que já faleceram, como: Kurt Cobain, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland e mais alguns que deixarei para conferirem por si mesmos 💜
  No começo, ela conta apenas coisas de seu cotidiano, como começou o ensino médio, o garoto de que gosta, coisas do tipo. Mas em poucos capítulos tudo fica muito mais profundo. Sua família inteira se despedaçou quando sua irmã, May, faleceu. Mesmo sendo mais velha que Laurel, as duas sempre se deram muito bem, eram verdadeiras melhores amigas e confidentes. 

"Talvez amadurecer signifique que você não precisa ser uma personagem seguindo um roteiro. É saber que você pode ser a autora" 

Resultado de imagem para snow girl gif

  A cada carta escrita, podemos descobrir como foi a vida de cada pessoa pra quem ela escreve, quais foram seus medos, e o motivo de sua admiração por cada um deles, em textos curtos e muito significativos. Como a maioria das celebridades pra quem ela escreve são cantores, o livro é recheado de músicas e existe até mesmo uma playlist no spotify pra quem quiser conferir, é só clicar aqui
  Ela também se abre aos poucos sobre sua história, pois ela estava presente quando sua irmã morreu e nunca disse a ninguém como foi e o que realmente aconteceu. Garanto pra vocês que eu nem imaginava o motivo, e quando descobri, fiquei devastada. Temos a certeza de que ela via May como um ser perfeito e imaculado, mas não era bem assim...
  Avaria Dellaira soube retratar um temas muito complicados com uma delicadeza e pureza que emocionam até as pessoas mais fortes. Eu me identifiquei MUITO com vários trechos, principalmente com o jeito que ela descreve alguns sentimentos e sensações: 

"A expressão no rosto dela era como quando você prepara uma torrada de manhã, tira da torradeira, coloca manteiga e geleia, leva para o quarto, toda empolgada, e ela cai virada para o chão. É tão decepcionante que nem dá vontade de preparar outra" 

  A edição tem capa aveludada, as letras são de um tamanho ótimo para a leitura, e cada carta é um capítulo diferente. Eu não pude contar muitos detalhes sobre a irmã, pois senão cairia no spoiler. Mas já aviso: É realmente um tema fortíssimo, mexe demais com a gente, e eu recomendo muito pra quem quer algo mais sério e emocionante para ler. 

Beijos, até mais!  
  
  

32 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Já conhecia esse livro e apesar de achar a história interessante, nunca consegui ler.
    Mas sua resenha me despertou a curiosidade novamente.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, seu blog é amorzinho pra caramba <3
    Eu sempre ouvi falar desse livro, mas nunca corri atrás pra realmente conhecer a história. Tua resenha atiçou minha curiosidade. Parabéns pela escrita, aliás. Tu escreve muito bem, guria :3
    Dicas do Jess

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que história!! Já tinha ouvido falar deste livro mas não sabia que era tão envolvente assim, com certeza entrou pra minha listinha de desejados!!

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu adorei poder fazer essa leitura, achei bem reflexiva mesmo. Acho essa capa maravilhosa! Acho muito bom o livro ser cercado por músicas, o que deixa o leitor ainda mais a vontade. Adorei poder ler suas impressões a respeito e que bom que curtiu!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    Conheço o livro, mas até hoje não tive a oportunidade de fazer a leitura. Fico feliz em saber que você gostou da história, ela parece ser realmente marcante. Adorei a sua resenha e vou fazer a leitura assim que possível! ♥

    → desencaixados.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!!!
    Então, já tinha me deparado com o livro outras vezes, mas sinceramente não é um tema que me atrai. Sou do tipo "impressionada" que determinadas coisas fortes ficam marcadas e prefiro não dar o benefício da dúvida pra não dar nó no cérebro... Mas mesmo assim adorei a resenha e por ter gostado da leitura.
    Bjs e até mais!

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Li este livro em 2014 e não funcionou para mim. As cartas me pareceram muito artificiais e a própria protagonista me irritou muito. Mas sei que este livro tem muitos fãs e a autora é mega fofa com os leitores.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, a protagonista foi difícil de me acostumar no início, mas depois do que aconteceu com ela, ganhou toda a minha compreensão

      Excluir
  8. Olá!! :)

    Eu já conhecia este livro mas ainda bem que gostaste e que a leitura funcionou para ti.. :)

    Quero ler e achei a ideia bem original, os significados dessas cartas, a importância da musica, e tudo isso! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Esse livro tá na minha lista faz bastante tempo, e sempre vejo opiniões positivas sobre ele.
    Adorei saber que, sendo as celebridades que ela envia cartas são cantores, tem playlist (adoro esse detalhe nos livros!).
    Imagino o quão profundo e incrível esse livro é, espero poder ler em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Já li esse livro, comprei pois as cartas eram direcionadas a artistas que gosto bastante e tinha muitas expectativas quanto a ele, mas fui decepcionada. Achei a protagonista uma merca cópia da irmã, sem personalidade própria e bem sem graça.
    http://oxenteleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, eu já li esse livro e amei demais. Ele trata sobre temas relevantes e bem debatidos hoje, né! Na época, li junto com Por lugares incríveis, que super te recomendo e acho que se você curtiu esse, com certeza vai gostar dele. Gostei demais na maneira como a autora apresentou a Laurel. Ela consegue passar todos os sentimentos da personagem pra o leitor.

    http://www.porredelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Esse livro tá na minha lista da amazon a tempos, espero poder adquirir em breve!

      Excluir
  12. OI. :)
    Fui num evento essa editora e foi apresentado esse livro, confesso que fiquei curiosa pra ler, mas nunca tive a chance rs.
    Me parece ser bem envolvente o que acaba fixando a atenção do leitor.
    Obrigado pela visita ao Blog As Meninas Que Leem Livros.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Hey you!!
    Como assim capa aveludada menina? Já preciso. rs
    Nossa eu já tinha lido algumas resenhas do livro, mas nenhuma me conquistou como a sua. Estou encantada com o objetivo das cartas. Novamente #Sópreciso rs
    Dica anotada!!
    Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  14. Oi Jessica, como está?
    Já li várias resenhas desse livro e a tua só contribuiu para aumentar meu interesse nele, já que nunca tinha visto uma proposta como essa, tão única de dois modos tão distintos. Fico imaginando o que teria levado a morte da irmã da protagonista.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Acho a proposta do livro bem interessante e original, mas, tirando o Heath, o restante das personalidades para as quais ela escreve não me dizem nada. Não era fã, não acompanhava o trabalho... então acho que seria uma coisa maçante para mim.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oie...
    Adorei a resenha :)
    Já li esse livro e curti bastante, também iniciei a leitura não esperando muita coisa, mas, depois, fiquei impressionada com a sensibilidade presente na obra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Tenho esse livro faz um tempo em minha estante e ainda não tive coragem de lê-lo, parece ser tão forte e impactante... Tão denso... Sei que a leitura será proveitosa, mas sei também que me derramarei em lágrimas, ainda assim, nunca é tarde né? Obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Esse livro foi uma das minhas leituras preferidas o ano passado. Ele aborda temas seríssimos, mas de uma maneira muito sensível. Outro aspecto que gostei foi que, mesmo não conhecendo a maioria dos artistas para quem ela escreveu, eu acabei me interessando mais por eles.
    Foi uma leitura muito intensa para mim e lembro que demorei a conseguir ler outro livro depois. Mas valeu muito a pena ler, e me fez refletir sobre muitas coisas.
    Adorei sua resenha e acho que foi uma ótima dica.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?
    Eu confesso que tenho curiosidade com essa livro desde a primeira vez que o vi, mas até hoje não tive oportunidade de ler e a cada comentário novo sobre a história fico ainda mais animada. Bom, pela sua resenha deu para ver que foi uma leitura bem agradável para você mesmo e acredito que eu também iria gostar muito, imagino que deve ser interessante conhecer um pouco sobre as celebridades e também sobre a vida da protagonista.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Aí, que legal ter lido sua resenha desse livro! Fiz a leitura há tanto tempo que estava meio órfã dessa história. O tema é muito sério, como você disse, e me pegou em cheio dilacerando meu coração.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro de novo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oiii tudo bem?

    Li esse livro sem pretensões, afinal odeio livros escrito em cartas, mas o livro foi me envolvendo de uma forma muito grande ao ponto de chorar muito e soluçar.
    Serio chorei muito a esse ponto. Um dos melhores livros que eu li nos últimos tempos.
    Amei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  22. Oi, Jessica!
    Já li várias resenhas desse livro, algumas não tão positivas e por isso acabei perdendo o interesse na leitura. Também é um livro com tema bem pesado e que não me deixa confortável para ler, não sei se é o tipo de leitura que me agradaria. Mesmo assim adorei sua resenha!

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  23. Oii!!!
    Conheço esse livro já faz um tempo, mas a sua foi a primeira resenha que eu li sobre ele. Fico imaginando o quanto a narrativa deve ser rica e criativa. Apesar de ser um tema fora do comum, escrever cartas para os mortos, mas nos faz refletir que mesmo quando a pessoa não está mais entre nós, sempre tem algo que gostaríamos dizer, principalmente sendo um ídolo, ou até mesmo um parente próximo que gostávamos muito. Quero muito ler, espero conseguir em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bom?
    Vejo muita gente criticando esse livro,mas, assim como você, eu gostei bastante. Curti muito os destinatários das cartas, os motivos pelos quais foram escolhidos e saber um pouco mais sobre eles e as temáticas de suicídio e abuso sexual que são tratadas. É muito mais que uma história adolescente e precisa ser lida, não é mesmo? Adorei sua resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Ai, ai... Esse livro é incrível. Um dos últimos YAs que eu li e amei. Realmente comovente. Não lembro muita coisa, mas lembro que adorei a personagem e que amei o livro, isso que importa hahahaha. As cartas são ótimas e conheci muitas personalidades através delas. Pretendo reler algum dia :)

    ResponderExcluir
  26. Olá.
    Eu gosto muito de livros que são escritos em forma de cartas e quero ler esse livro o quanto antes! Outro motivo para fazê-lo é ter em mãos essa edição que tem uma capa belíssima!

    ResponderExcluir
  27. Oiee Jessica ^^
    Eu também fiquei encantada com esse livro, e não só por causa da capa. Mas convenhamos, é uma graça, né? haha'
    Gostei muito do livro, a autora conseguiu mexer muito comigo, e eu me apeguei aos personagens, então finalizar a leitura foi um pouco difícil. Eu tô doida para ler mais livros da Ava ♥
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Oie, eu adoro livros fortes e densos e confesso que nunca me interessei por esse livro, porque achei que era só uma obra adolescente, sem nada que chamasse atenção. Mas a partir do que vi na sua resenha, parece algo que nos faz refletir. vou colocar na lista de futuras leituras.

    ResponderExcluir

© Viver em dois mundos - 2016 | Todos os direitos reservados| Tecnologia do Blogger.