Onde Está Segunda?

  Já assisti muitas séries originais Netflix e amei quase todas, então por esses dias resolvi assistir um filme original que recebeu muitas críticas positivas: Onde está Segunda? 
  Em um mundo distópico onde a humanidade chegou ao seu limite populacional, não há mais comida para todos, nem água, nem ar, nada, um verdadeiro caos toma conta de todos os lugares, forçando o governo a instituir uma solução que pode resolver o problema por hora: Todas as famílias são permitidas a ter apenas um filho único (política que já foi utilizada na China). Sendo assim, não existem mais irmãos, e caso mais de uma criança seja encontrada em uma casa, ela precisa ir para um sistema de "hibernação", onde dormirá e acordará em um futuro melhor, e no processo não irá gerar custos para o país. É engraçado afirmar que a tecnologia dessa época no futuro é de ponta, pulseiras localizadoras, "celulares" na palma das mãos, tablets de última geração. Mas vale lembrar que isso não salvou a humanidade, e acho que é uma das mensagens que eles quiseram passar.
  Nesse cenário, a filha de um senhor dá a luz a gêmeas. Não são 2 ou 3, e sim 7! Sete crianças que terão que viver escondidas se quiserem sobreviver (o sistema de hibernação sempre trouxe desconfiança a população, e no final vocês verão como ele realmente funciona), terão que seguir a  risca o sistema criado pelo avô. Como são sete meninas, ele as nomeia com os dias da semana, sendo: Segunda, Terça, Quarta, Quinta, Sexta, Sábado e Domingo. São gêmeas idênticas, então, ele deixa claro que dentro da casa (que é cheia de aparatos e esconderijos em caso de uma inspeção), elas podem ser quem bem entenderem, ter sua própria personalidade, fazer o que gostam, etc. Mas fora de lá, elas assumem uma identidade única: Karen Settman. Cada uma das garotas tem o direito de sair de casa no dia respectivo ao seu nome, e precisam repassar tudo o que fizeram para as outras. Imagine o quão cansativo deve ser. E o que acontece se uma delas se apaixonar?
  Tudo ia bem até Segunda não voltar para casa. Isso nunca havia acontecido, pois ela sempre foi a mais correta de todas, a que seguia as regras a risca. E agora suas irmãs deverão se arriscar para descobrir seu paradeiro, o que significa que mais de uma delas estará nas ruas ao mesmo tempo.

O que acontece com uma de vocês, acontece com todas vocês.

Resultado de imagem para what happened to monday gif

  Primeiramente, devo elogiar a performance de Noomi Rapace, porque ela interpreta sete personagens diferentes com louvor, pois são personalidades muito diferentes, e o trabalho dela ficou incrível. Pra quem não gosta de sangue, cenas violentas e tal, já fica o aviso que sim, esse é um desses filmes. As cenas de ação são bem bacanas, e tem um ou dois tiros na cabeça envolvidos. Deixo aqui também meu amor por Glenn Close (eterna Cruella) que esbanjou talento interpretando a vilã desse filme. Super recomendo pra quem quer sair da rotina e assistir um longa com reviravoltas e ficar um tiquinho agoniado em algumas cenas. 


20 comentários:

  1. ja vi esse filme e achei bem interessante, já assistiu orphan black? é bem parecido. acho muito legala tecnologia que esse tipo de filme aborda, mas confesso que da uma agonia danada e o final me deixou despedaçada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, não vi Orphan Black ainda! Mas a premissa é parecida, então deve ser muito bom! A atriz de lá é maravilhosa! Tá na minha lista, oremos para que eu tenha tempo ano que vem! ♥

      Excluir
  2. Oiee ^^
    Eu cheguei a ver sobre esse filme na Netflix, mas achei que eram só duas gêmeas! 7? OMG, deve ser um caos. Fiquei até com medo, imaginando se vão descobrir essas meninas. Fiquei animada para assistir essa série, também lembrei de Orphan Black, que a Milca mencionou ali em cima.
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é menina, 7!! Eu fiquei tensa assistindo também, hahaha. Tô pensando em dar chance pra Orphan Black, de tanta gente que mencionou aqui kk

      Excluir
  3. Gostei muito de saber mais sobre...
    Já faz um tempo que queria assistir, mas precisava de mais detalhes para me interessar mais e com certeza irei assistir.
    Vou sugerir à minha amiga que é minha "parceira de netflix" e vou enviar o link da sua postagem para convencê-la. rsrs
    Valeu pela indicação!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
  4. Eu quero muito assistir a esse filme, o problema é que eu não assino a Netflix, a internet aqui em casa é muito ruim e não vale a pena. Acabo assistindo apenas quando estou na minha irmã, mas nunca consigo assistir a um filne inteiro. Rss
    Eu acho a proposta desse filme interessantíssima! E realmente acho que a tecnologia não é capaz de milagres.
    E essa atriz deve arrebentar mesmo, interpretar 7 personagens diferentes em um mesmo filme não é para qualquer um não!

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu sempre acho incrível quem tem essa proeza de interpretar mais de um personagem, imagine 7! Hahaha

      Excluir
  5. Oi, tudo bem?
    Acredita que eu nunca tinha ouvido falar desse filme. Não sei pra quê ainda pago Netflix, porque não tenho conseguido assistir nada :/
    Essas cenas de tiro que você mencionou me incomodariam um pouco, mas achei a premissa tão interessante, que assistiria o filme assim mesmo. Além disso, fiquei curiosa para conferir a atuação da atriz principal que deve ter sido realmente muito boa, pois já é difícil dar personalidade diferente para duas personagens, imagina para sete né?
    Adorei a dica e, quando tiver um tempinho, vou querer assistir.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, assista sim que não vai se arrepender ^^

      Excluir
  6. Eu comecei a assistir este filme com meu irmão assim que ele saiu na netflix mas não terminei, até gostei de toda a trama e do mistério e apesar disso não me senti presa a história, depois minha irmã acabou me contando o desfecho e a vontade de voltar para terminar que já era pouca desapareceu por completo, acho que nem vou mais. Mas concordo que a atriz fez um trabalho e tanto interpretando com maestria tantas personagens de uma só vez.

    Abraços!
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O final é bem 8 ou 80, ou ama ou odeia, haha. Eu adorei o final pois achei que combinou bem com a trama apresentada ao longo do filme

      Excluir
  7. Sempre me aparece esse filme nas indicações da Netflix e acabo deixando de lado por não julgar tão interessante, que bom que sua resenha veio para me esclarecer isso. Apesar de não ser meu gênero favorito, definitivamente me prendeu a atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma trama bem inteligente, acaba instigando a gente a assistir

      Excluir
  8. Assisti o filme! Maravilhosooooo
    Aquela amiga que eu indiquei, já havia assistido.
    Enfim... Grata pela sugestão!

    Eliziane Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!! Eu achei bem bacana pelas cenas de ação, e nem imaginava o final!

      Excluir
  9. Esse filme me fez matar um pouco da saudade de Orphan Black. Eu adorei a ideia do filme, mas não curti muito o final. Adoro essa atriz.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei morrendo de vontade de assistir Orphan Black por conta dele, rs. Achei que o final combinou com o longa

      Excluir
  10. Oi!
    Ainda não conhecia esse filme, mas já adorei a proposta e vou tentar assistir amanha com o boy.
    Doida pra saber qualéqueé dessa parada de hibernação, imagino que não deva ser coisa boa para os filhos que ficam =/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Eu não conhecia ainda esse filme, sabia? Mas achei a premissa bem interessante e ao mesmo tempo me lembrou Orphan Black, que eu é outra série que tenho vontade de ver mas ainda não tive a oportunidade. Vou deixar essa dica anotada, talvez nesse fim de semana eu consiga assistir.
    Beijos.

    ResponderExcluir

© Viver em dois mundos - 2016 | Todos os direitos reservados| Tecnologia do Blogger.